terça-feira, 16 de abril de 2019

Senso e censura

Eu aqui, de saco cheio,
calculando a regressão...
A censura (ô termo feio!)
é cagaço de cagão!

Mais que o podre do recheio
e o mal cheiro da expressão,
a suspeita, mesmo ao meio,
encabeça a discussão.

Se na base da mordaça
o sujeito escolhe agir,
só se pensa em mais trapaça!

Este é meu entendimento,
e você há de convir
que o fedor nomeia o vento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário eu aceito,
mas a "responsa" é só sua,
sendo correto e bem feito,
ponha o seu bloco na rua!