sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Agradecimento


Quando escrevi minha primeira trova, em março deste ano (2011), não imaginava a importância do que estava começando. No final do ano passado, eu já escrevia haicais e estava interessado em começar a escrever crônicas seriamente. Num arroubo de coragem, resolvi criar um blogue para postar as crônicas que escreveria. Foi quando surgiu o Uma Vírgula!

Nas voltas que o mundo me fez dar, não escrevi as crônicas que pensava, mas, felizmente, passei a postar meus haicais no blogue, o que o manteve vivo. Logo em seguida, postei algumas trovas... E fui pegando gosto!

Nas Oficinas de Poesia, na Biblioteca Pública do Paraná, conheci poetas e trovadores, e fui convidado a participar das reuniões da UBT – União Brasileira de Trovadores, de Curitiba, onde fiz e continuo fazendo amigos.

Nos concursos mensais internos, recebi menção honrosa em duas ocasiões. Neste mês, fui surpreendido com o troféu Trovador Revelação 2011 (!), entregue durante o almoço de confraternização, realizado no dia 20, pela UBT-Curitiba.

Em agradecimento, não apenas ao prêmio, mas, principalmente à acolhida que tive, digo:
 
Ninguém faz nada sozinho!
Revejo os passos passados:
muita gente, em meu caminho,
tem parte nos passos dados.

Em tudo o que escrevo e faço,
expresso o que está em mim,
minha letra tem o traço
do que foi vivido assim.

Nos giros que dei na vida,
muita coisa me marcou,
se foi agrado ou ferida,
já faz parte do que sou.

Aos amigos e à família
dedico esta distinção.
Sem vocês na minha trilha,
não haveria isso não.

Trovador Revelação!
Que responsabilidade!
Pois me vejo em formação,
para dizer a verdade.

Para mim, é um desafio
merecer este troféu,
e recebo este elogio,
na condição de novel.

Fazer trovas “não tem preço”,
fazer trovas “é um barato”!
Registro, com muito apreço:
aprendi com Tio Rufatto!

Hoje, estou muito contente
e, também, emocionado,
agradeço este presente,
vou, feliz... MUITO OBRIGADO!

Mário A. J. Zamataro   -   Curitiba, 20 de novembro de 2011

Um comentário:

  1. Mário,
    Tenha plena certeza de que a premiação foi mais do que merecida!
    seu nome foi unanimidade entre os membros da Diretoria.
    Receba nosso carinho.
    Andréa

    ResponderExcluir

Seu comentário eu aceito,
mas a "responsa" é só sua,
sendo correto e bem feito,
ponha o seu bloco na rua!