sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Insônia

No sonho, a noite fugaz...
De repente, a madrugada,
o canto de um Sabiá,
a chuva, lá na calçada,
um pedaço de vontade
e a lágrima controlada...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário eu aceito,
mas a "responsa" é só sua,
sendo correto e bem feito,
ponha o seu bloco na rua!